Peritos do inss em greve prejudicam 27 mil pessoas

0
66

Desde ontem, 8 de fevereiro, as perícias médicas do INSS – Instituto Nacional do Seguro Social estão em greve; 80% da categoria aderiu ao movimento grevista, segundo a Associação Nacional de Médicos Peritos (ANMP). Com isso, segundo a Secretaria de Perícia Médica Federal, 27 mil pessoas ficaram sem atendimento em todo o país.

Representantes da Associação informaram que se reunirão com o ministro do Trabalho e Previdência Ônix Lorenzoni, em Brasilia, hoje, quinta-feira, 10 de fevereiro, para discutir as reivindicações da categoria.

Entre as reivindicações, está a recomposição salarial de 19,99% relativa às perdas com a inflação de 2019 a 2022, a fixação do número máximo de 12 atendimentos presenciais como meta diária para cada perito e a realização imediata de concurso público para preenchimento de 3.000 vagas.

Atualmente, mais de 1.800.000 segurados esperam por resposta do INSS; desses requerimentos, 792.540 são benefícios que precisam passar por avaliação médica pericial para serem concedidos. Os números são do próprio INSS.

O Instituto foi afetado por corte de 988 milhões dos gastos, no Orçamento de 2022. Esse valor seria usado na administração, gestão e processamento de dados.

Leave a reply