OS EFEITOS DA GUERRA DA UCRÂNIA NA ECONOMIA BRASILEIRA

0
147

A FGV – Fundação Getúlio Vargas afirmou, segundo a CNN Brasil, que o Brasil tem a pior projeção de crescimento para este ano entre as nações da América Latina e a economia pode ser seriamente impactada pelo conflito no leste europeu.

O impacto, segundo a FGV, se refletirá diretamente no PIB (Produto Interno Bruto) ao longo deste ano e as consequências principais serão a possível alta no preço dos alimentos, dos combustíveis e instabilidade cambial.

Segundo a FGV, a sondagem do Brasil para o primeiro trimestre de 2022 constatou deterioração do clima econômico, com o menor índice acumulado entre as nações da América Latina, tendo registrado a pior queda entre o quarto trimestre de 2021 e o primeiro trimestre de 2022, saindo de 54,5 pontos para 15,4 pontos.

A guerra só poderá agravar o panorama econômico ruim do Brasil, segundo o professor Joelson Sampaio, responsável pela Sondagem Econômica da América Latina da FGV.

O barril de petróleo tipo Brent encerrou a semana passada em 105 dólares americanos, o maior nível desde 2014. Por outro lado, Rússia e Ucrânia estão entre os principais produtores mundiais de trigo, e a guerra, segundo o processo, causa um choque de ofertas, trazendo incerteza, que aumenta a inflação e a fuga de capitais para países mais seguros economicamente. E o Brasil, afirma o professor, está dentro do cenário negativo.

Por fim, o câmbio poderá impactar a economia brasileira; a queda da moeda norte-americana neste início de ano segura os efeitos estribados no real, mas a situação poderá mudar se o conflito continuar. O mesmo efeito pode ocasionar aumento da taxa de juros (se o dólar continuar a subir e a inflação não ceder), com uma nova avaliação da SELIC pelo Banco Central.

 

Leave a reply