COBERTURA VACINAL CONTRA A GRIPE É BAIXA ENTRE IDOSOS E PREOCUPA SAÚDE DE COTIA

Secretaria alerta sobre a necessidade da vacina entre os idosos, que são trivalentes e também protegem contra a cepa H3N2 que provocou surto da doença entre o fim de 2021 e início deste ano
0
62

 O último balanço da Secretaria de Saúde de Cotia, fechado na semana passada, mostra que apenas 20,3% dos idosos com idade a partir de 60 anos tomaram a vacina contra a gripe. A campanha de vacinação começou no dia 28 de março, para idosos com 80 anos acima e, no dia 4 de abril foi a vez de os idosos com idade a partir de 60 anos começarem a ser vacinados. O imunizante está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde de Cotia (UBS’s), de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h. Para se vacinar, basta comparecer à unidade mais próxima com documento oficial com foto. Não precisa agendar.

As doses da vacina Influenza são trivalentes, ou seja, são eficazes contra as cepas H1N1, H3N2 (incluindo o subtipo Darwin que provou um surto recente no Brasil) e o tipo B. “A campanha contra a gripe já faz parte da cultura do brasileiro e não podemos ver esta baixa procura com naturalidade. É preciso que a população se conscientize da importância das vacinas e procure a UBS de acordo com o cronograma da campanha. Vimos a pandemia da covid-19 recuar bastante, desde o início da vacinação, e isso atesta a eficácia dos imunizantes. Nesta composição, a vacina contra a Influenza traz proteção contra a cepa H3N2 que foi a responsável por levar muita gente para os prontos atendimentos entre o fim de 2021 e início deste ano”, disse Magno Sauter, titular da Saúde em Cotia.

HORÁRIO ESTENDIDO NAS UBS´s

Durante o mês de abril, todas as quartas-feiras, as UBS’s Atalaia, Assa, Caucaia do Alto e Portão funcionarão até às 20h para vacinação contra a gripe e contra a covid-19. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal garantindo que o público prioritário seja imunizado.

Cronograma de vacinação contra a gripe (grupos prioritários)

28/03: Idosos acima de 80 anos

4/04: Idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde

2/05: Crianças acima de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz recentemente há até 45 dias)

9/05: Indígenas, quilombolas, professores, pessoas com deficiência e pessoas com comorbidades

16/05: Forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.

Foto: Vagner Santos

Leave a reply