ONÇA VOLTA A APARECER ACOMPANHADA POR DOIS FILHOTES NO PARQUE DO IGUAÇU

0
31

Os filhotes de onça-pintada ficam com a mãe até terem aproximadamente dois anos de idade, depois dispersam evão buscar seus próprios territórios. Não se sabe ainda o sexo dos dois novos moradores do Parque Nacional do Iguaçu. 

As onças do Parque Nacional do Iguaçu

Estima-se que restem na Mata Atlântica apenas entre 230 e 300 onças-pintadas. Um terço delas está justamente na área que abrange o Parque Nacional do Iguaçu e reservas adjacentes do lado argentino. Esta é a única população da espécie neste bioma que, historicamente, tem apresentado crescimento. Uma reviravolta histórica graças a esforços de conservação. 

No começo dos anos 2000, notou-se uma grande queda no número de indivíduos naquela região. Em 2009, acreditava-se que sobravam somente entre nove e onze onças. Mas gradativamente, a situação foi melhorando. Em 2014, um censo revelou a presença de 17 indivíduos. Dois anos mais tarde já eram 22, e em 2018 foram contabilizadas 28 delas.

Todavia, o último censo apontou uma estabilidade. No parque brasileiro, o número médio é de 24 animais (entre 20 e 28). “Apesar da estimativa média ter sido menor que a de 2018, isso estatisticamente não representa uma redução significativa, e sim uma estabilidade da população”, explica Yara Barros, coordenadora executiva do Onças do Iguaçu.

Já no chamado Corredor Verde, área situada entre a fronteira da Argentina com o Brasil, estima-se que sejam 90 animais (entre 76 e 106).

A onça-pintada (Panthera onca), também chamada de jaguar, originalmente era encontrada desde o sudoeste dos Estados Unidos até o norte da Argentina.

Atualmente, a espécie está oficialmente extinta no território americano, é muito rara no México, mas ainda pode ser vista na Argentina, Paraguai e Brasil e também em pequenas áreas de países como Belize.

A onça-pintada é o maior felino das Américas

O Projeto Onças do Iguaçu é um projeto institucional do ICMBio, desenvolvido em parceria pelo Parque Nacional do Iguaçu e o Instituto Pró Carnívoros, e tem como missão a conservação da onça-pintada como uma espécie chave para a manutenção da biodiversidade do Parque Nacional do Iguaçu.

Assista o vídeo da família da Janaína neste site: Onça Janaína volta a aparecer acompanhada por dois filhotes, trazendo alívio e esperança para espécie (conexaoplaneta.com.br)

Conexão Planeta – 29 de abril de 2022  Suzana Camargo

Fotod: Leonardo Ramos, CC BY-SA 4.0 via Wikimedia Commons)

 

Leave a reply