COTIA REALIZA AÇÃO ESPECIAL DE VACINAÇÃO NO SÁBADO, 4/06, EM QUATRO UBS’S

0
212

Equipes aplicarão vacinas contra a Influenza, Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola) e Covid-19. Mutirão será das 9:00h às 16:00 horas nas UBS selecionadas

No sábado, dia 4 de junho, das 9h às 16h, a Secretaria de Saúde de Cotia vai realizar uma ação especial de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) Atalaia, Caucaia, Portão e Assa. 

As equipes estarão mobilizadas na aplicação das vacinas Influenza, Tríplice Viral (sarampo, caxumba e subéola) e Covid-19. O atendimento será por ordem de chegada, portanto, não é preciso fazer agendamento. 

Todos deverão estar de máscara e levar documento oficial com foto e caderneta/cartão de vacina.

A vacina contra a Influenza é trivalente com eficácia contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B. O imunizante está sendo aplicado em idosos 60+, trabalhadores de saúde, crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas, indígenas, professores, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, pessoas das forças de segurança, salvamento,  forças armadas, sistema prisional, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso e trabalhadores portuários.

Durante a Campanha contra o Sarampo, a vacina Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola) é aplicada em crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias.

A vacina contra a Covid-19 está sendo aplicada em todas as pessoas com idade a partir de 5 anos. 

A população que já concluiu o esquema vacinal, no entanto, deve ficar atenta se já está apta para receber as doses adicionais, conforme abaixo:

  • 1ª dose adicional: maiores de 12 anos que tenham concluído o esquema vacinal há pelo menos quatro meses;
  • 1ª dose adicional: maiores de 12 anos com alto grau de imunossupressão que tenham concluído o esquema vacinal há pelo menos 28 dias;
  • 2ª dose adicional: maiores de 60 anos que tenham recebido a 1ª dose adicional há pelo menos quatro meses;
  • 2ª dose adicional: trabalhadores de saúde 18+ e maiores de 50 anos (exclusivamente com doses remanescentes – sobra de dose completa no frasco) que tenham recebido a 1ª dose adicional há pelo menos quatro meses;
  • 3ª dose adicional: maiores de 60 anos com alto grau de imunossupressão e que tenham recebido a 2ª dose adicional há pelo menos quatro meses.

Foto: Vagner Santos

 

Leave a reply