BIENAL DO LIVRO DE SP APRESENTA DETALHES DA SUA PROGRAMAÇÃO

0
41

A 26ª edição do evento terá Portugal como país homenageado e nove espaços com atividades relacionadas ao universo do livro

Em uma coletiva para a imprensa na quinta-feira passada,  a Bienal Internacional do Livro de São Paulo (02 a 10/07) – organizada pela Câmara Brasileira do Livro e a RX – anunciou as principais novidades da sua 26ª edição.

Com 182 expositores e mais de 500 selos representados, o evento iniciou na última semana a venda de ingressos com cashback e, segundo a RX, a um mês da abertura dos portões do Expo Center Norte, a venda já é 85% maior em comparação com a última edição.

Serão 1.500 horas de programação cultural e nove espaços oficiais do evento com atividades relacionadas ao universo literário.

A coletiva focou na participação de Portugal, que será o país homenageado desta edição e que escolheu como mote da sua participação a frase “É urgente viver encantado”, do escritor Valter Hugo Mãe.

Portugal contará com a participação de 21 autores e dois chefes. Nomes como Gonçalo M. Tavares, Paulina Chiziane, José Luís Peixoto, Valter Hugo Mãe, Maria Inês Almeida e Afonso Cruz estão confirmados. O país terá ainda um estande de 500m², que inclui um auditório com capacidade para 80 pessoas, uma livraria, espaços multiusos com exposições sobre José Saramago, outra sobre os vencedores do Prêmio Camões e ainda uma área infantojuvenil.

Negócios

Antes da abertura da Bienal, será realizada uma rodada de negócios, na qual estarão presentes nove editoras portuguesas. De 29 de junho a 02 de julho, a Bienal do Livro apresenta sua 3ª Jornada Profissional, com editores internacionais convidadas e uma programação de palestras. Serão cerca de 80 profissionais, com 20 vagas para convidados internacionais.

Programação

Com mais de 300 autores confirmados, a Bienal do Livro de São Paulo terá, mais uma vez, nove espaços dedicados a diferentes assuntos.

Arena Cultural Pólen, com curadoria de Diana Passy, colocará os visitantes em contato com autores nacionais e internacionais. Já o Salão de Ideias, comandado por Francis Manzoni, também contará com a participação de autores, booktubers, booktokers e influenciadores para discutir temas atuais como. Nomes como Jeferson Tenório, Ailton Krenak, Zezé Motta e Ana Paula Araújo passarão pelo espaço.

Espaço Infantil, com curadoria de Elisabete da Cruz, oferecerá um programa educativo e que contará a história de Portugal. Segundo Elisabete, o objetivo do espaço é incorporar o slogan da Bienal e dar voz às crianças, que terão a oportunidade de falar sobre suas leituras e preferências.

Papo de Mercado ficou sob a direção do jornalista Leonardo Neto. No espaço, temas atuais como o metaverso e a transposição de livros para o audiovisual e vice-versa serão abordados.

É no Papo de Mercado que o PublishNews realizará este ano, a sexta edição do Interlivro – Encontro Internacional de Profissionais do Livro, que terá nomes como James Daunt (CEO da Waterstones e Barnes & Noble), Juergen Boos (presidente da Feira do Livro de Frankfurt) e Margot Atwell (editora da Feminist Press). A programação completa será disponibilizada em breve.

O Papo de Mercado também terá uma programação feita em parceria com a International Publishers Association (IPA), que irá discutir o setor educacional, e com a Cerlalc, que focará nos direitos dos autores e na propriedade intelectual. Pensando em construir trilhas, o espaço trará também editores por trás de grandes sucessos como Mauricio de Sousa, Ziraldo e Pedro Bandeira, e ainda mesas sobre os ofícios do lívro.

A Bienal terá ainda o espaço Cordel e Repente, comandado por Lucinda Marques, com palestras, histórias, shows e ainda aulas de cordel e xilogravura. André Augusto Dias comandará a Praça da palavra e Praça de histórias, com os caminhões do Biblio Sesc. Esses locais contarão com atividades para o público, apresentação de saraus, contação de histórias e slams.

Para fechar, o espaço Cozinhando com palavras, com curadoria de André Boccato, mesclará gastronomia e literatura. O lugar terá ainda autores para declamar poemas que falam sobre comida, material que será reunido em um podcast.

A programação completa será disponibilizada até o final desta semana.

Visitação escolar

Segundo Vitor Tavares, presidente da CBL, a Bienal já tem confirmada a visitação escolar de mais de 100 mil alunos. O evento também terá ônibus que levarão o público até o Expo Center Norte saindo da estação Portuguesa – Tietê (linha Azul do metrô). Em nove dias de evento, a Bienal espera receber 600 mil visitantes.

PUBLISHNEWS, TALITA FACCHINI, 02/06/2022

 

Leave a reply