HOJE É DIA MUNDIAL DA SEGURANÇA ALIMENTAR; ONU ALERTA

0
41

Comida mais Segura, Saúde Melhor”. Este 7 de junho é o Dia Mundial da Segurança Alimentar;  mais de 200 doenças podem ser causadas por bactérias, vírus ou parasitas em comidas; crianças representam 40% dos afetados.

As Nações Unidas marcam neste 7 de junho o Dia Mundial da Segurança Alimentar, destacando que existem mais de 200 doenças causadas por bactérias, vírus ou parasitas que contaminam alimentos.

Comidas impróprias para o consumo são uma enorme ameaça à saúde, afetando 600 milhões de pessoas todos os anos, sendo que as crianças com cinco anos ou menos representam 40% dos casos.

Entre as crianças, o sobrepeso subiu nos últimos 20 anos e já atinge 3,9 milhões

Perdas econômicas

A ONU calcula que 420 mil pacientes chegam a morrer por ano depois de ficarem doentes por consumir alimentos contaminados, incluindo 125 mil menores de idade. Os impactos também são econômicos: em países de rendas baixa ou média, as perdas em produtividade chegam a US$ 95 bilhões por ano.

Para evitar casos, boas práticas de higiene são fundamentais, tanto nos setores agrícola e de produção alimentar, como por parte dos consumidores.

Segurança em todas as fases da cadeia alimentar

A organização lembra que as doenças alimentares são infecciosas ou tóxicas e invisíveis a olho nu, por isso a importância de garantir segurança em todos os estágios da cadeia de produção, desde o plantio até o preparo e o consumo.

Neste ano, o Dia Mundial da Segurança Alimentar observa o tema “Comida mais Segura, Saúde Melhor”. As Nações Unidas ressaltam que “apenas quando os alimentos estão seguros para o consumo, é possível obter todos os valores nutricionais que garantem uma boa saúde”.

Além de causar doenças, os alimentos contaminados contribuem para déficits de crescimento e de desenvolvimento, para deficiências de micronutrientes, para doenças crônicas e até prejudicam a saúde mental. Por ano, uma em cada 10 pessoas é afetada por uma infecção alimentar no mundo. 

Crédito: © UNDP Nigeria

 

Leave a reply