MAIOR ARENA DE TOURADAS DO MÉXICO É FECHADA PELA JUSTIÇA

0
31

Considerada a maior praça de touradas do mundo, a arena Monumental Plaza era palco de “show” de horrores intolerável nos dias de hoje – animais são feridos antes de entrar na arena e “enfrentar” o toureiro

Construída na década de 40, a Monumental Plaza de Toros México é chamada pelos locais simplesmente por  “La México” or “La Monumental”. Com capacidade para 41 mil espectadores, mas já foram registradas ali cerca de 50 mil pessoas em alguns “espetáculos”, é considerada a maior praça de tourada do mundo. O “show” que ali acontece era algo aceitável na cultura do século passado, mas que nos dias atuais se tornou intolerável.

Popular em países da Europa como Espanha e Portugal, nas touradas, uma prática cruel e covarde, muitos dos animais são feridos antes de entrarem na arena e com isso, se tornam alvos – e vítimas – fáceis para o toureiro, o “el matador”. Importada para o México pelos europeus que ali chegaram, ela até hoje atrai defensores que afirmam ser ela uma “tradição cultural”.

Mas a organização de direitos humanos Justicia Justa entrou com uma ação na justiça mexicana solicitando a proibição das touradas alegando que elas são degradantes para os touros e violam o direito de um meio ambiente saudável. Pois o juiz federal Jonathan Bass Herrera acatou o pedido.

A concessão da suspensão definitiva não violaria a ordem pública nem afetaria o interesse social, mas, ao contrário, permitiria que as autoridades exerçam seus poderes legais para evitar a violação do direito ao meio ambiente saudável que cause morte injustificada, tratamento cruel e sofrimento desnecessário dos touros de lide”, escreveu Herrera em seu parecer. “Nesta lógica, longe de constituir um dano à sociedade, geraria um benefício não só para as partes do presente julgamento, mas para todas as pessoas que vivem na Cidade do México e seu entorno adjacente”.

O juiz ressaltou ainda que a sociedade está interessada em respeitar a integridade física e emocional de todos os animais porque eles são seres vivos que compõem os ecossistemas e, portanto, contribuem com serviços ambientais essenciais ao ser humano. “Todos os animais têm um valor intrínseco como seres sencientes, incluindo sem exceção os touros de briga”.

A decisão ainda não é definitiva. Segundo o jornal El País, a empresa Tauro Plaza México, que administra a arena, e o governo da Cidade do México têm dez dias úteis para contestar a decisão perante um tribunal colegiado. Enquanto dura o processo judicial —que pode levar meses—, as atividades ficam paralisadas.

Três outras cidades do México já proibiram as touradas: Sonora, Guerrero e Coahuila.

(14 de junho de 2022 – Suzana Camargo – conexaoplaneta.com.br)

Crueldade: touro é torturado até ser morto com espada no coração

Leave a reply