HARRY POTTER COMPLETA 25 ANOS

0
71

Primeiro livro da série, “Harry Potter e a Pedra Filosofal” foi lançado em 26 de junho de 1997; autora teve recusa de 12 editoras antes do lançamento do livro, cuja ideia surgiu de uma ideia em uma viagem de trem para Londres

E o pequeno Harry Potter virou homem: o personagem está completando 25 anos de idade. O lançamento do primeiro livro, Harry Potter e a Pedras Filosofal, foi lançado pela britânica J. K. Rowling em 26 de junho de 1997 e, a partir daí, só sucesso, tanto nos livros como nos cinemas. A crítica especializada considera uma marca na cultura pop mundial.

O primeiro livro da saga de fantasia surgiu de uma ideia que a autora teve durante uma viagem de trem rumo a Londres. Durante o período de cinco anos, J.K se dedicou à criação de todo o universo que envolve a história. 

Diversos fatores relacionados aos acontecimentos descritos no livro estão intimamente ligados à vida da autora, como a morte de sua mãe. De acordo com Rowling, a consequência do acontecimento manifesta-se no fato de Harry ser órfão e ao tratamento dado ao tema “morte” em todos os seus livros.

A autora relata que escreveu boa parte da obra num café de seu cunhado, no Reino Unido. 

Após a conclusão do livro, em 1996, J.K Rowling procurou diversos agentes literários e editoras, porém, todos se negaram a publicar o manuscrito. Doze recusas depois, ela conseguiu o apoio de uma pequena editora de Londres chamada Bloomsburry Publishing. 

Na época, o diretor da editora aceitou lançar o livro devido a sua filha, uma menina de oito anos, que leu o primeiro capítulo e quis saber como continuava. Era um sinal do apelo ao público pela obra.

Nomes e lançamento

Inicialmente, a editora sugeriu o nome “Harry Potter e a Escola de Magia”, mas Rowling não quis. Mesmo assim, a edição francesa do livro acabou sendo publicada com esse título. 

A tiragem inicial de quinhentas cópias foi publicada em junho de 1997, em sua maioria, em bibliotecas. A obra recebeu algumas críticas favoráveis. Nos EUA, o título foi mudado para “Harry Potter e a Pedra do Feiticeiro”, pois a editora acreditava que a palavra “filosofal” daria a impressão de que o livro falava sobre temas filosóficos. Por lá o lançamento ocorreu em 1998. 

O livro, no Brasil, foi lançado pela Editora Rocco em 1 de janeiro de 2000. Foi publicado como “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, igualmente em Portugal. O sucesso já era mundial.  

Adaptação cinematográfica

Dois anos após o lançamento do livro, em 1999, Rowling vendeu os direitos cinematográficos dos primeiros quatro livros de Harry Potter a Warner Bros. por um milhão de libras.  

Inicialmente, o filme foi proposto ao diretor Steven Spielberg, mas ele acabou recusando a oferta. Diante disso, o cineasta Chris Columbus assumiu a direção do filme e a produção começou no ano 2000. A série adaptada para os cinemas estreou em 2001 e foi um verdadeiro fenômeno, arrecadando 975 milhões de dólares em todo o mundo.

Os principais papéis do elenco foram vividos por Daniel Radcliffe, Rupert Grint e Emma Watson, na pele dos inseparáveis Harry, Rony e Hermione. É impossível pensar em Harry Potter e seus amigos sem imaginar o rosto dos astros do cinema. O filme ainda ganhou três indicações ao Oscar em: Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino e Melhor Trilha  Sonora. (com conteúdo de critica.com)

 

Leave a reply